quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Fazer ou não fotos do making of do noivo?

A maioria dos noivos para quem eu pergunto "Você vai querer fotografar o seu making of?" responde de cara "Acho que não" ou "Não tinha pensado sobre isso". A tradição de fotografar o making of da noiva já se instalou definitivamente no Brasil, mas quando o assunto é o making of do noivo a certeza não é mesma. Os motivos são vários: desconhecimento dos noivos em relação a essa possibilidade, medo de se sentirem desconfortáveis em serem fotografados, receio de terem que pagar muito mais por esse serviço ou mesmo puro desinteresse por esse momento.

Eu particularmente amo as fotos do making of de noivo! São sempre fotos muito descontraídas e espontâneas, principalmente se comparadas ao making of da noiva, muito mais tenso e trabalhoso por envolver várias etapas. Enquanto a noiva e suas acompanhantes estão há horas preparando o cabelo e a make, o noivo e seus acompanhantes estão matando o tempo jogando algum jogo, bebendo uma cerveja ou batendo papo. O clima do making of do noivo é sempre muito mais relaxado e alegre, por isso eu acho que vale sim a pena guardar essa recordação. Já é bem comum entre os fotógrafos que esse serviço esteja incluído no pacote da cobertura fotográfica do casamento, por isso não esqueça de esclarecer esse ponto com o seu fotógrafo!






















segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Objetos de desejo: Edição de aniversário!

Chegou a época do ano em que começo a pensar nos meus objetos de desejo (falta um mês e um pouquinho pro meu aniversário)! Não custa nada sonhar, não é mesmo?!

Expositor farmacêutico para eu usar como cristaleira











Estante linda! Nem tenho lugar pra colocar, mas quero mesmo assim!


Fica a dica pro marido! Rsrsrs

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Iluminação do casamento: Como deixar o ambiente mais aconchegante

Quase todos os casamentos brasileiros que vejo ou cuja organização acompanho seguem um mesmo padrão de iluminação decorativa. Quase sempre a cerimônia (quando não realizada na igreja) e o salão de festas são decorados com aquelas luzes (amarelas, laranjas e verdes) no chão e nas plantas. A iluminação da pista fica por conta do laser do DJ e fim.

Nada contra esse tipo de iluminação. Muito pelo contrário! A maioria das decoradoras já estão acostumadas a fazerem dessa forma, justamente porque é uma fórmula certeira. Qualquer coisa diferente do comum tende a exigir mais organização e mais investimento, seja de tempo, seja de dinheiro, o que, muitas vezes, não é possível.

Por outro lado, eu gostaria de chamar atenção para outras possibilidades! Outros tipos de iluminação (velas de todos os tipos, abajures, pisca-piscas, gambiarras, lanternas japonesas...) podem fornecer uma luz muito mais natural e aconchegante. Olhem esse casamento abaixo, como exemplo! Vejam como a iluminação dos ambientes contribuiu para o clima do casamento. É claro que um fotógrafo competente é essencial para passar esse clima, mas o projeto da iluminação decorativa foi a chave de tudo!

Na área externa foram usadas várias "gambiarras", que são esses fios com várias lâmpadas. Já a área interna, mesmo tendo pista de dança, foi iluminada por abajures e lustres pendentes.







 


Se você chegou a ler até aqui, é porque de alguma forma começou a pensar com mais carinho na iluminação do seu casamento. Caso não consiga fugir da iluminação tradicional, deixa eu pelo menos te dar UM conselho: fuja das luzes verdes!!! Elas interferem muito na cor das fotos e as pessoas acabam sempre saindo com o rosto verde nas imagens.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Local para noite de núpcias: Barra de Guaratiba (RJ)

Nesse final de ano eu estava realmente precisando sair do meu ambiente usual e relaxar. Como não seria possível tirar férias, decidimos passar um final de semana em algum lugar bem tranquilo. O meu normal seria ir para a Região dos lagos, mas decidimos conhecer um pedacinho do Rio de janeiro até então inexplorado por mim: Barra de Guaratiba.

Ficamos em um hotel muito procurado pelas noivas que vão casar na Barra da Tijuca e no Recreio dos Bandeirantes, o Hotel Le Relais de Marambaia. Só no sábado em que fomos havia 3 noivas se arrumando lá! Isso porque o hotel só possui 8 suites, se não me engano. Eu confesso que acho o hotel um pouco longe, mesmo para os casais que casarão nos bairros próximos, mas o visual e conforto valem a pena! Os quartos são bem grandes e muito confortáveis! E a vista é linda, é claro! (Como a propaganda foi "de grátis", quero uma cortesia na próxima visita, hein! Rsrsrs) Acho que eles também fecham o hotel para realização de casamentos lá mesmo!




Vista da varanda do nosso quarto.












Fotos: Arquivo pessoal

Ali pertinho, fomos a dois restaurantes: Tropicana e Tia Penha. Os dois são muito bons para quem gosta de frutos do mar, mas eu gostei mais do segundo.

A praia mais perto do hotel não é lá essas coisas, mas Grumari fica a 10 minutos de carro e é uma praia bem charmosinha. Quem tiver pique também pode fazer uma trilha para as praias selvagens (Búzios, Perigoso, do Meio, Funda e do Inferno). O pessoal do Hotel pode indicar guias locais para te levarem às trilhas.