segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Reflexão: os noivos, os pais e o casamento

Depois que eu marquei o meu casamento e passei a me interessar mais pelo assunto, venho ouvindo várias histórias (me incluo nisso) sobre atritos que surgem entre os noivos e seus pais durante os preparativos do casamento. São histórias de pais que querem convidar todos os seus conhecidos para o casamento do filho/filha, sogras que querem dar mais opinião do que as noivas/noivos gostariam de ouvir, confusões sobre quem vai entrar com quem na igreja e assim por diante.

Acho que a primeira coisa que devemos ter em mente ao nos depararmos com essa situação é que nossos pais e sogros são de outra época, que tinha outra cultura e costumes. Na época deles, o casamento era um evento para apresentar à sociedade o relacionamento do filho, como seu fosse uma forma de dar publicidade e aceitação a esse relacionamento. Pode parecer uma forma meio fria de ver a coisa, mas não deixa de ser verdade. Tanto que a maioria dos convidados eram convidados dos pais dos noivos. Isso, claro, além do fato de que eram os pais que bancavam financeiramente o casamento, o que lhes dava mais respaldo na hora de fazer certas exigências e dar certas opiniões.

Acontece que, da mesma forma que devemos encarar essas intromissões com MUITA paciência, também cabe a nós tentarmos mostrar para nossos pais e sogros que o conceito sobre o casamento não é mais o mesmo. Os noivos de hoje em dia (pelo menos a maioria dos que eu conheço) encaram o casamento como uma forma de celebração do seu amor. Não é mais uma mera obrigação, uma forma de sair da casa dos pais. Além disso, em muitos casos, são os próprios noivos que bancam a festa, com uma ajuda financeira cada vez menor dos pais. Por isso, acho fundamental que, assim que os noivos anunciarem o objetivo de se casarem, também sentem com seus pais e conversem abertamente sobre o objetivo do casamento, o que eles valorizam nesse evento, como pretendem pagar e qual será a participação de seus pais no evento.

Depois de esclarecido o "conceito" que o casal tem para o casamento, acho importante que os noivos coloquem seus pais para participarem de alguma forma, seja ajudando nas pesquisas de preço, nas degustações ou na escolha das músicas. A maioria dos pais quer participar dos preparativos! E nós, noivas (tudo bem que não me encaixo mais nessa categoria) devemos dar espaço para nossas sogras também!

Mais importante do que tudo, na minha opinião, é os noivos conversarem muito entre si para que tenham o mesmo discurso frente a seus pais. De nada adianta a noiva dizer que só vai convidar a família se o noivo ficar contradizendo ela diante da sogra e fazendo com que ela faça papel de nora chata. O casal deve estar em sintonia total sobre o casamento e tentar passar essa sintonia a seus pais. Devemos OUVIR suas opiniões, mas sermos firmes nas nossas quando acharmos necessário.

E vocês, o que fizeram para chegar a um acordo com os pais sobre as questões relacionadas ao casamento?

14 comentários:

  1. oi!!!
    conversamos muito antes do casamento...durante o namoro mesmo!
    bj

    ResponderExcluir
  2. Isso acontece em todos os casamentos eu acho, o melhor a se fazer é conversar muito...
    Um beijo floor
    =)

    ResponderExcluir
  3. A responta é sempre a mesma... Muitaaa conversa!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  4. Mesmo que esteja com a opinião formada, a noiva tem sempre que OUVIR o que os outros tem a dizer. Estou exercitando muito a minha paciência... Ouço todas as opiniões. Se vou acatar, é outra coisa. Muito dificil isso, ainda mais se tratando de TFMs, que é o meu caso.
    bjo

    ResponderExcluir
  5. Bom, eu falei muito com minha sogra. Quando necessário, até uns "foras" com classe eu dava. Agora está correndo tudo bem.No fds, por ex, fiz as listas com ela.
    Com minha mãe rolaram até alguns atritos, mas depois que deixei bem claro o objetivo do casamento, ela relaxou.
    Tem selinho pra vc no blog.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Meus pais deixaram tudo ao meu cargo, vou convidar os amigos deles que fazem parte da minha vida também, os melhores amigos. O mesmo com os sogros. Minha sogra é um amor, não se mete em nada, tadinha, acho até que ela deveria opinar mais.

    ResponderExcluir
  7. Nossa! nem se fala da lista dos meus pais... Até a mulher que sempre encontram quando vão passear com o cachorro entrou na lista deles, e saiu quando fiz a tosa! Cada uma que escutamos, meu deus, dai-me forças. Graças a deus tenho uma amiga que escuta o choro do outro lado da linha e com toda a paciência do mundo, me acalma... Te adoro, viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa da mulher do cachorro é nova pra mim! Isso é coisa do seu pai! Hahaha Bjos.

      Excluir
  8. Nossa ainda não tive esse problema, mas sei que vai chegar a hora e pretendo ter muita paciência! Enquanto isso que me da trabalho é o noivo com aquela lista imensa!

    ResponderExcluir
  9. Oi!

    Meus pais e minha sogra nos ajudaram bastante na festa...e participaram tbm! Foram nas degustações, levei minha mãe e minha sogra na escolha do vestido, minha mãe foi minha companheira das provas dos vestidos e das idas na 25 de março..rs..e a minha irmã, que foi praticamente minha "siamesa" em tudooo!!! rsrs...
    Não tivemos nenhum atrito...e a minha mãe até entendeu que eu não me casaria na igreja - no começo deu pra perceber que ela ficou um poouco desapontada, rs...mas dps ela percebeu que seria melhor =) rsrs..

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  10. Sorte a sua, Gábi. Eu tive alguns probleminhas com meus pais, principalmente em relação à lista dos convidados. Bjos.

    ResponderExcluir
  11. Ahhh eu tô tendo problema é com a família do meu pai, que é enorme!! Só irmãos são 9, sem contar filhos e esposas.(#fato importante tem tia que eu não vejo a uns 4 anos e nem conhecem meu noivo)Quando fui conversar e explicar que o casamento era pra 150 pessoas ele surtou e chingou até a minha última geração. No dia dei aquela chorada básica, mas depois conversei com meu noivo e decidimos não importar, chamar quem é importante pra nós, ainda mais que somos nós que estamos pagando TUDO!
    Mais é complicado d+ essa questão de lista e preparativos viu...
    Tem que ter uma paciência de Jó!

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele, eu concordo com a atitude de vocês! Faz o que você e o noivo acharem melhor, mais ainda se são vocês que estão pagando tudo. Algumas pessoas torcem a cara e me chamam de egoísta quando eu falo isso, mas afinal o casamento é de quem?!?! Bjos.

      Excluir

O que você achou?!?!

Se for comentar como "anônimo" não esqueça de deixar seu e-mail!!!