segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dica: mais letras para decoração

Há um tempo eu falei sobre onde encontrar letras em mdf para serem usadas na decoração. Infelizmente ainda não são muito fáceis de serem encontradas por aqui. Descobri um outro lugar que vende: a Casa com Retalhos, no Elo7. Há vários outros itens muito fofos lá, como casas de passarinhos forradas com tecido, porta-guardanapos, etc.


Acho esse um item legal para se comprar para o casamento, pois pode muito bem ser aproveitado para a decoração da casa do casal!




quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Lista de fotógrafos no RJ


Foto Dueto Fotografia

Uma das minhas maiores manias relacionadas a casamentos é ficar entrando em blogs de fotógrafos. Eu faço isso quase todo dia e adoro ficar analisando o estilo de cada um, vendo os efeitos que eles gostam de usar, os ângulos mais comuns, se costumam tirar fotos dos detalhes ou fotos mais gerais, se fazem mais ou menos fotos posadas, coloridas ou preto e brancas, etc etc etc. Quando eu vejo um casamento em algum blog brasileiro ou revista, adoro brincar de adivinhar qual foi o fotógrafo... e já acertei várias vezes.

Por isso, hoje decidi fazer uma seleção dos meus fotógrafos preferidos das cidades do Rio de janeiro e Niterói, pois são os que eu acompanho mais. Assim, ainda posso ajudar alguma noiva dessas cidades que anda sem indicação.

Tem, é claro, o Raoní Aguiar!

Túlio Tomé: http://tuliothome.com/blog/ O Túlio fez o casamento de um casal de amigos nossos e as fotos ficaram lindas. Ele era a nossa primeira opção para o nosso casamento, mas já estava com a data fechada e acabou nos indicando o Dueto, com quem fizemos e também adoramos!



Carolina Azevedo: http://carolinaazevedo.com/




Jann La Pointe: http://jannlapointe.com/




Dueto Fotografia: http://duetofotografia.com.br/, que foram os fotógrafos do meu casamento!

A ordem que eu fiz essa lista é totalmente aleatória, tá? Cabe ressaltar ainda que fiz essa seleção com base somente no que vejo pela internet, pois não cheguei a fazer entrevista, nem pedir orçamento para muitos deles.

Alguém tem mais alguma indicação para fazer?!?!

Atualizando: muitas meninas pediram para eu colocar indicações em SP. Como eu não conheço muitos, indico que entrem nessa página do Vestida de noiva, onde a Fernanda deixa suas indicações de fotógrafos. Como ela tem bom gosto, acredito que sejam boas indicações. Eu, particularmente, gosto muito do Danilo Siqueira.



quarta-feira, 26 de outubro de 2011

As estrelas da festa e selinho

Umas das fotos que eu achei mais legais do nosso casamento foram as fotos dos convidados dançando. Acho que elas passam bem o clima da festa e eu fiquei feliz, é claro, por ver que as pessoas realmente se divertiram.

Olhem as figuras:


Na minha opinião, muito mais legais do que aquelas fotos em volta da mesa. Só um parêntese: Gente, eu tenho um problema sério com foto de pessoas sentadas nas mesas. Acho que a maioria fica horrível. Tem sempre uma pessoa que tem que ficar com o pescoço esticado pra conseguir sair na foto.

________________________________________________


Mudando de assunto, a Cuca me indicou um selinho muito lindo:



Obrigada!!!

As minhas indicadas são:

Lilian, Melina, Carla, Gábi, Josi, Vandressa, Cris, Carol, Larissa e Paulinha.

Beijos!!!

Arranjos vintage: faça você mesma





Estava vendo as fotos desse casamento postado pelo Vestida de noiva e resolvi correr atrás de uns templates de rótulos que dessem para eu mesma imprimir e colar em latas e garrafas para fazer arranjos. Achei um site que disponibiliza alguns com espaço para personalizar o texto, caso alguém tenha interesse. É só clicar aqui. Esse mesmo site tem outras diversas opções, mas algumas são pagas.


Caso alguém ache outros modelos, principalmente de rótulos de produtos, me avise, por favor!



terça-feira, 25 de outubro de 2011

Opinião da noiva: mobiliário Mobilli

Vou falar aqui rapidamente sobre a minha opinião sobre o serviço de locação de móveis da Mobilli.

Alugamos com eles:

- 3 mesas retangulares rústicas;
- 2 aparadores rústicos;
- 4 bistrôs rústicos com 3 banquetas cada;
- 12 mesas de 10 lugares.

Fiquei bastante satisfeita com o serviço da Mobilli. Sempre responderam prontamente meus e-mails e entregaram todo o material no dia combinado.

Eu ia alugar com eles também as cadeiras de convidados brancas, mas achei que as cadeiras não estavam em tão bom estado e acabei desistindo. Preferi usar as cadeiras da casa de festa mesmo, pois já estavam incluídas no pacote. Portanto, se alguém for alugar móveis BRANCOS com a Mobilli, sugiro que vá lá pessoalmente verificar o estado dos móveis, para evitar qualquer chateação depois. Minha primeira idéia era alugar o mobiliário na Mineirat, que é sempre bem recomendada e possui maior variedade, mas o frete para Niterói ficava mais caro, por isso resolvi fechar com a Mobilli mesmo.

Foto Dueto Fotografia


segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Quantos fotógrafos para um casamento?

Uma das minhas memórias marcantes dos casamentos que eu ia na minha infância era do número imenso de pessoas de roupa preta envolta dos noivos, ajeitando a cauda da noiva, mandando eles fazerem essa ou aquela pose. Naquela época, equipe boa de fotografia era sinônimo de equipe grande. Cada ângulo dos noivos deveria estar na mira de algum dos fotógrafos.

Realmente existe uma vantagem nesse sistema: as chances de se perder um momento importante, como a troca das alianças e o beijo, são muito pequenas. Acontece que, na minha opinião, as desvantagens são maiores: esses inúmeros fotógrafos acabam, muitas vezes, chamando mais atenção dos convidados do que os próprios noivos, sem contar que formam uma verdadeira barreira em volta desses protagonistas, deixando até os convidados intimidados. Além disso, é quase impossível tirar uma foto em que não apareça um fotógrafo.

Hoje em dia já vemos muitos casamentos que são fotografados por apenas 2 fotógrafos, inclusive casamentos com grande número de convidados, e acho que não se perdeu nada em termos de qualidade das fotos, muito pelo contrário. Hoje em dia, além da preocupação em registrar os eventos, se dá mais importância ao aspecto artístico das fotos. A maioria dos noivos não faz questão de ter 5 fotos em ângulos diferentes do beijo, mas uma foto muito bonita desse mesmo beijo.

Com essa diminuição dos fotógrafos oficiais, a "poluição" do altar e de todos os momentos do evento caiu bastante. Os noivos retomam seu papel de protaginistas e os convidados também são valorizados ao meu ver.

Mês passado nós fomos ao casamento de uma prima do Raoní e ele, que comprou a tão sonhada câmera na lua de mel, aproveitou para tirar algumas fotos. Confesso que ele se esforçou bastante para conseguir tirar fotos dos noivos, pois tinham sempre uns 5 homens de  preto entre ele e os noivos. Reparem que há um fotógrafo ou braço de fotógrafo ou pedaço de câmera em vááárias das fotos.

5 "homens de preto" dividindo o altar com os noivos e pais:






Ó um pedaço de câmera na foto inferior esquerda:


Esse momento do brinde foi realmente engraçado, pois, se o Raoní, que estava num lugar privilegiado, mal conseguia ver os noivos, imaginem o restante dos convidados. Eles não deviam nem saber o que estava acontecendo.

E vocês: são adeptas ao modelo tradicional, com vários profissionais, ou preferem uma atuação mais clean, com menos profissionais?

domingo, 23 de outubro de 2011

Padrinhos e madrinhas/ Fotos posadas

O post de hoje é dedicado aos nossos padrinhos de casamento. Foram 8 mulheres e 5 homens escolhidos a dedo, pois são amigos muito queridos. Eu até queria ter chamado mais algumas pessoas, mas já achei que a gente exagerou um pouco. Infelizmente, sempre temos que deixar alguém importante de fora. Como não ia ter cortejo, não precisamos formar pares com os padrinhos, por isso a diferença de números entre homens e mulheres.

Foto Dueto Fotografia

Eu vou ser sincera: não quis perder tempo tirando uma foto com cada padrinho/madrinha/casal, por isso decidimos tirar essa foto com todos de uma vez. Raoní ficou até meio escondido na foto! rsrsrs. Aliás, as únicas fotos posadas que tiramos após a cerimônia foram essa, uma com meus pais e uma com os pais do Raoní. Só! Acho muito chato os noivos terem que perder um tempão da festa tirando aquele monte de foto com parente. No final das contas, todo mundo já está com sorriso amarelo e as fotos acabam ficando feias.

Para saber mais sobre cada um deles, entre nessa página.

sábado, 22 de outubro de 2011

Meus bebês

Eu não lembro se já comentei aqui, mas eu e o Raoní temos 2 gatos lindos: o Miauzis, mais chamado de Miu, e a Isadora, ou Isa. Esse nome estranho do Miauzis se deve ao fato de que, na época em que nós o achamos dentro de uma caixa de sapato na calçada, eu estava com uma mania bizarra de chamar todos os cachorros de auauzis e gatos de miauzis, numa estranha referência ao Mussum. Lembram dele? 

O importante dessa história é que, na verdade, foi o fato de o Miu entrar nas nossas vidas que fez com que eu e o Raoní decidíssemos sair da casa dos nossos pais e irmos morar juntos. Isso porque o pai do Raoní disse que não queria gato de jeito nenhum em casa e eu também não podia levá-lo pra casa do meu avô, onde eu praticamente morava na época.

Juntando o gato com a antiga idéia de termos nosso próprio espaço, acabamos adiantando as coisas e fomos morar juntos. Foi uma grande aventura na época! Fomos morar num sobrado que alugamos do meu tio e que estava praticamente abandonado há um bom tempo. Nossos amigos o apelidaram de "igrejinha", pois ele tinha uma cruz no telhado. Pra piorar, nossos vizinhos de cima eram literalmente perturbados mentalmente e ficavam gritando o dia inteiro. Felizmente só ficamos na igrejinha por uns 8 meses, quando fomos pro nosso apartamento, mas essa experiência foi muito importante para o nosso amadurecimento como casal que decide ser independente.

Esse é o Miu, um gatinho supercarinhoso, que acha que é humano e que tem uma gata de estimação, a Isa. Como alguém pôde abandonar uma coisa linda dessa?!

Foto Raoní Aguiar

E essa é a Isa, minha companheira de todas as horas. Fica me seguindo pela casa o dia todo, mas não gosta de estranhos não.

Foto Raoní Aguiar

A referência a eles dois no nosso casamento ficou por conta do casal de noivinhos em forma de gatinhos para o topo da torre de cupcakes:

Foto Rafael Aguiar

Eu sou apaixonada pelos nossos filhotes!



sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Opinião da noiva: cerimonial

Confesso que eu estou adiando esse post há muito tempo, na esperança que de com a distância temporal do casamento  os meus ânimos se acalmem e eu conseiga pegar mais leve, mas, como isso não aconteceu até agora, eu resolvi escrever assim mesmo.

No post de hoje eu vou falar sobre a minha opinião sobre o nosso cerimonial (quem quiser saber qual foi, é só ver aqui no Checklist). Desde logo, gostaria de ressaltar que esse texto reflete única e exclusivamente a nossa experiência pessoal com este fornecedor, que já recebeu vários elogios de outras noivas que eu conheci. Inclusive, nós optamos por contratá-los, pois um casal grande amigo nosso tinha feito o casamento com eles e só fez elogios.

Infelizmente, foram vários os acontecimentos com o cerimonial que me fizeram ter uma opinião não muito positiva em relação ao serviço deles:

1º) Logo na primeira reunião, nós conversamos que eu e Raoní estávamos optando por fechar um cerimonial, com serviço de assessoria para antes e durante o casamento, porque iríamos nos mudar para outro estado e gostaríamos de ter um "braço direito" em Niterói, onde seria o evento. No entanto, o cerimonial sempre demorava um tempo significativamente longo (mais ou menos uma semana) para responder aos nossos e-mails e, muitas vezes, um dos funcionários perguntava coisas que eu já tinha falado em e-mails anteriores. Acho que, nos dias atuais, um profissional não pode demorar mais de 2 dias para responder a um e-mail de cliente. Sério, gente, se a pessoa ainda não tem uma resposta para o questionamento, no mínimo, ela deve dar um retorno dizendo que está providenciando o demandado. Principalmente, se esse cliente já deixou claro que terá dificuldades em marcar reuniões ao vivo.

2º) Na primeira reunião após a assinatura do contrato a cerimonialista não pôde comparecer e quem me atendeu foi seu marido, que também é da equipe. Nós decidimos conversar sobre itens da decoração e mobiliário e eu disse que queria usar toalhas estampadas. Ele disse que "o" fornecedor deles não tinha toalhas estampadas e... ficou por isso mesmo. Peraí? Eu não tinha contratado um serviço de assessoria? Não faria parte do trabalho deles pesquisar, então, um fornecedor que tivesse as tais toalhas? Ou pesquisar uma costureira que as fizesse? E foi aí que minha mãe decidiu fazer ela mesma as passadeiras.

3º) Os orçamentos de mobiliário que eles me passavam eram sempre muito mais caros do que os preços que eu via em outros lugares por minha conta. Chegavam a ser o dobro do valor.

4º) Na segunda-feira anterior ao casamento nós recebemos um e-mail de um dos funcionários deles perguntando sobre o que nós tínhamos decidido sobre os pontos de iluminação. Como assim ponto de iluminação? Ninguém tinha falado comigo sobre esse item! Liguei para eles e me passaram o valor de cada ponto R$10,00. OK, quantos pontos são necessários? Resposta: uns 80. Vocês acham razoável que, faltando 4 dias para o seu casamento, quanto a conta bancária já está totalmente raspada, o cerimonial, que deveria tomar conta de toda a organização do evento, se lembre de um item importante desse e te fale que você agora vai ter que desembolsar R$800,00? Sem contar que eles esqueceram de que iríamos precisar alugar uma mesa para o ponto fixo do buffet e, 2 dias antes do casamento, EU tive que ligar desesperada para a Mobilli, torcendo para que eles ainda tivessem uma mesa do mesmo estilo das outras disponível. Mais R$120,00 inesperados. O pior é que o argumento deles para esses "esquecimentos" era de que eu estava organizando tudo e eles "pensaram" que eu já tinha resolvido esses itens! Hã?!?!

Eu vou parar por aí, porque estou tentando ser o mais justa possível no meu relato. Estou citando apenas os fatos objetivos. Para não ser injusta, devo dizer que, no dia do casamento, deu tudo certo, a decoração estava linda e eles conseguiram organizar bem o evento. Colocaram ainda "por conta da casa" 2 mesas bailarinas com 4 puffs, que tinham sido cortadas por mim para poder pagar 50 pontos de iluminação.


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Ganhe seu casamento no Hotel Santa Teresa

O Blog Para falar de casamento está promovendo um concurso cultural, cujos vencedores ganharão um casamento completo a ser realizado no Hotel Santa Teresa.

Para saber mais e se increver, clique AQUI!

Noivinhas, não percam essa oportunidade!!!

Paleta: Coral, amarelo e verde

Gente, não pude deixar de postar para comentar que amei essa paleta de cores. Seria a minha atual opção, com certeza!!! Achei alegre e descontraída.




Fotos Ashley Rose

P.S.: Eu vou parecer muito louca se comprar a nova edição da Noivas Rio de Janeiro, mesmo que meu casamento já tenha passado ?!?!

Resposta: "SIIMMM!"

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Opinião da noiva: buffet Lazary

Eu vou ficar devendo um relato mais detalhado sobre esse item do casamento por dois motivos:

1º) Não fui eu que fui fazer a degustação do buffet, pois já estava morando em Belo Horizonte e mandei minha madrinha e meus sogros para essa missão. No dia da degustação, que foi logo antes de um casamento que eles iriam servir, minha madrinha e sogros ficaram encantados com o buffet, adoraram o serviço e a comida. Elogiaram que os salgadinhos eram sequinhos, sem muita gordura, e que os pratos eram bem apresentados.

2º) No dia do casamento eu não comi praticamente nada! Devo ter comido uns 3 petiscos e só. Inclusive, me arrependi de não ter orientado a cerimonialista a me levar alguma coisa para eu me lembrar de que deveria comer. Eu não queria perder um só minuto da festa sentada numa mesa e acabei esquecendo mesmo!

O que posso dizer é que as pessoas que vieram comentar comigo após a festa disseram que o serviço dos garçons era muito bom e que não paravam de passar com comidas e bebidas.

Eu devo estar parecendo meio chata, pois até agora falei sempre alguma coisa negativa sobre quase todos os fornecedores, mas acho fundamental mostrar todos os pós e contras. Isso não significa que tenho ficado insatisfeita com a nossas escolhas.

Tudo isso pra dizer que fiquei meio chateada com a postura do Lazary em um sentido: quando pedi para eles me mandarem um orçamento do Open Bar que eles possuem, eu não consegui obter uma resposta. Liguei e mandei vários e-mails, mas a única resposta que eu recebia era algo do tipo "Procure a sua cerimonialista, pois eles possuem esse serviço". Gente, achei isso um absurdo! O cerimonial e o Buffet devem ter algum tipo de acordo para não oferecerem serviços conflitantes; um indica o outro nesses casos e quem se ferra somos nós, clientes, que não podemos nos beneficiar da livre concorrência! Esse foi um dos motivos de eu ter desanimado em colocar o Open Bar. Cheguei a pesquisar em outros locais, mas acabamos desistindo mesmo.

Aliás, vou ainda dedicar um post sobre as minhas impressões sobre o cerimonial e falo mais sobre isso.

Nós escolhemos, para o Buffet, o coquetel com itens de botequim e o cardápio foi o seguinte:

FINGER FOODS:

• Canoinhas de camarões com creme cheese
• Endívias com salada portuguesa de bacalhau
• Stick de queijo coalho
• Stick de abacaxi em especiarias com hortelã e queijo
• Tartelete com creme de roquefort com nozes
• coquetel de chester com compota de frutas vermelhas


CARPACCIO:

• Carne com molho pesto e parmesão


QUENTES:

• Forno de frango com catupiry
• Forno de camarão
• Forno de tomate seco com ricota
• Folhado de peito de peru defumado
• Folhado de funghi


CREMES QUENTES SERVIDOS EM RECHEOUD

• Moqueca de siri
• Bacalhau
• Queijo briee com geléia de damasco


SALGADOS FRITOS:

• Bolinha de queijo
• Bolinho de bacalhau
• Quibe
• Coxinha com catupiry
• Croquete de camarão
• Aipim com carne seca


PONTO FIXO – BOTEQUIM

• Ovinhos de codorna com molho rosê
• Gurjão de peixe
• Batata frita com queijo
• Aipim frito
• Frango a passarinho
• Provolone a milanesa
• Churrasquinho
• Pastelzinho de carne e misto
• Batatinha calabresa


MINI PORÇÕES:

• Caldinho de feijão com torresminho
• Batata barôa com camarão
• Escondidinho de carne seca


Infelizmente, não tenho fotos das comidinhas pra mostrar aqui!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Meu algo azul...

Na verdade foram 3 os elementos azuis que eu usei no casamento, sem contar a decoração e a papelaria.

O robi:


O cabide:


Para saber mais sobre o cabide, clique aqui.

E os nomes das amigas solteiras, que foram escritos de azul na costura do vestido:


Ou seja, se depender dessa tradição, não vai faltar sorte pro nosso casamento!!!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Opinião da noiva: Hotel Orizzonte


Quem mora em Niterói sabe que niteroiense não tem muita opção. Acabamos sempre indo nos mesmos bares, restaurantes, padarias e, com o hotel, não poderia ser muito diferente. Realmente são pouquíssimas as opções de hotéis bonitinhos em Niterói. Hotel com quarto grande e espaço externo que renda fotos interessantes...menos ainda! Por isso, não tem jeito, a maioria das noivas acaba no Hotel Orizzonte mesmo.

O espaço aberto do hotel é realmente bem bonito e a vista, que pode ser para a ponte Rio-Niterói, para a Orla de Botafogo/Flamengo ou para a praia de Icaraí já vale a estadia. Acontece que, na minha opinião, o visual é realmente a única grande vantagem desse hotel, pois fiquei um pouco insatisfeita com o serviço.

No quesito alimentação o hotel deixou bastante a desejar. Como eu, as madrinhas e maquiadoras iríamos passar a hora do almoço no quarto, pedimos uns sanduiches, que estavam bem fraquinhos, tanto em termos de apresentação, quanto de sabor. E tudo isso por um preço que não valia de jeito nenhum o produto. Fora isso, qualquer coisa que a gente pedisse demorava e a gente tinha que ligar novamente para pedir.

Além disso, (pode ser simplesmente nóia da minha cabeça, ou não) eu senti que rola uma certa má vontade com noivas que não fecham o pacote "noite de núpcias". Eu cheguei um dia antes do casamento no hotel, na sexta-feira, e me deram um quarto baixo, com uma das piores vistas do hotel. Pedi para trocar e disseram que o hotel estava lotado. Pedi, então, para que, se no dia seguinte surgisse um outro quarto, eles pudessem nos mudar, mas não recebi nenhuma resposta. Acho que eles poderiam, ao menos, ter dado um retorno.

Enfim, não achei que o custo x benefício do hotel seja justo. Já fiquei em outros hotéis da rede Mercure, cujas diárias eram parecidas com as do Orizzonte, e os quartos eram muio mais confortáveis e agradáveis, com TV de LCD e DVD, além de o serviço ter sido melhor.

Bom, o pior é que não existe nenhuma opção melhor na cidade, fora o Hotel do Tio Sam, em Camboinhas, que fica bem afastado e não é o ideal para quem não vai casar na região oceânica.

Atualizando: a Ana Paula me lembrou de outra coisa. O hotel só disponibilizava roupões de você fechasse o pacote "noite de núpcias". Sinceramente, acho isso muita mesquinharia. Na minha opinião, um hotel daquele porte deveria oferecer roupões a todos os hóspedes.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Guardanapos e docinhos: qual a relação?!?!

Uma coisa que sempre me intrigou em festas em geral e em casamentos, principalmente, é a fixação que as pessoas têm pelos docinhos. Sério, gente. Têm pessoas que se tranformam ao verem uma mesa de doces. Ficam atentas, vigiando quando algum corajoso vai pegar o primeiro, pra elas poderem sair correndo pra mesa também. Isso, quando, já no início da festa, não resolvem pegar um, como quem não quer nada.

Claro que, no nosso casamento, não foi diferente. Agora, o que eu não tinha imaginado é que os nossos lindos guardanapos feitos pela minha mãe (que eram mesmo para serem levados por quem quisesse) virariam trouxinhas de doces no final da festa.

Eu não liguei pra isso, pois acho que calculei bem a quantidade de doces para o número de convidados, mas, se você é daquelas pessoas que morrem de ciúmes dos doces da sua festa (isso existe, acreditem!), não tenha a idéia de liberar os guardanapos! Rsrsrs



Achei essa foto do meu primo muito engraçada!



Alguém aí já passou ou presenciou alguma situação vergonhosa em relação aos doces?


quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Para animar os convidados: Professor de dança

Como nós teríamos um grupo de samba, achamos que seria interessante contratarmos alguns dançarinos para tirar os convidados para dançar. Fechei, então, com o professor Emerson Zanol, indicado pela Tati, que levou também uma parceira para dançar com os cavalheiros.


Os dois usaram adesivos "Aceita dançar?" para serem mais facilmente identificados como dançarinos pelos convidados.


Vou falar que a mulherada, principalmente, aproveitou bastante o dançarino. Tinha até fila! Eu teria seguido o conselho inicial do Emerson e contratado mais um dançarino homem, pois ele ficou sobrecarregado.

É claro que eu também não perdi a oportunidade!



Só tenho uma coisa para reclamar: os dois chegaram atrasados, quando o grupo de samba já estava no meio do show. Achei isso meio chato, pois acho que os profissionais já devem contar com engarrafamentos, distância, dificuldade em achar vaga e qualquer outro imprevisto, quando são contratados para um evento. Ainda mais se tratando de um casamento, quando tudo é cronometrado! Para compensar o atraso, eles ficaram um tempo depois que o DJ começou a tocar fazendo passinhos com as pessoas na pista de dança.
  

Fotos Dueto Fotografia. Por favor, não divulgar sem autorização.

Eu recomendo o Emerson (emersonzanol@ig.com.br ou 9674-1204 ou 7748-8540), pois ele é muito simpático e dança muito bem. Só não esqueçam de salientar a questão do horário!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Fotos para o álbum

Semana passada nós recebemos por sedex todas as fotos do casamento tiradas pelo Dueto em alta qualidade. Como vocês podem imaginar, foi uma dificuldade muito muito grande escolhermos apenas 80 fotos para irem para o álbum. A gente começa a achar que todas as fotos são essenciais e que não dá pra cortar nenhuma. Hoje, finalmente, conseguimos fazer a seleção e já mandamos para o Dueto organizar o álbum!

Olha que fofa a caixinha onde veio o pendrive:

Foto: Raoni Aguiar

Foto: Raoni Aguiar


Agora é esperar!


terça-feira, 11 de outubro de 2011

Nosso mascote chegou!

Dia 19 de setembro nasceu o Henrique, o mascote do nosso grupo e filho dos nossos padrinhos e amigos Sorayha e Otávio! Esse final de semana eu fui vê-lo pela primeira vez e ele é a coisa mais linda do mundo, como acha toda tia apaixonada!



Muita saúde e felicidade pra esse bebê fofo!


segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Depressão pós-casamento



Eu sei que o termo depressão é forte e eu estou muito longe de estar deprimida (Graças a Deus!), mas é que (por favor me digam se mais alguém se sente assim) agora que o casamento passou, eu fico com uma sensação de que está faltando alguma coisa. Eu não tenho que lembrar de ligar ou mandar e-mail pra nenhum fornecedor; nem tenho que pensar no arranjo que vou usar no cabelo; nem nas músicas que vou querer para a festa,...

Eu fico entrando nos blogs de outras noivinhas e visitando sites de inspirações para casamento e penso: "Passei dessa fase"!  E no meu caso nem tem aquele clima de novidade pós-casamento, pois eu já morava com o noivo.

Por favor, me digam que isso é normal!!! 

Gente, é sério, ser noiva vicia! Cruz credo! Hahaha.

Agora que o evento passou, eu parei para fazer uma análise do todo e cheguei à conclusão de que algumas coisas eu teria feito diferente:

1º) Acho que eu não teria começado a organizar tudo com mais de um ano de antecedência. Eu sei que a maioria dos noivos está cada vez mais antecipando os contratos e que os bons fornecedores já estão com a agenda lotada com mais de um ano de antecedência, mas, para mim, pessoa MUITO ansiosa, esses meses de preparativos foram um pouco estressantes. Por isso, acho que eu começaria a organizar o casamento uns 4 meses antes só, para evitar tanta ansiedade.

2º) Não teria fechado contrato com alguns dos meus fornecedores. Da próxima vez que tiver que organizar algum evento, só vou fechar com aqueles fornecedores com quem realmente tiver muita empatia e em quem confiar totalmente. No dia do evento acabou dando tudo certo, mas me decepcionei com alguns dos meus fornecedores durante os preparativos. Como nós estávamos organizando o casamento à distância, acabamos fechando contratos de forma precipitada, devido à nossa dificuldade em marcar encontros com fornecedores, e me arrependi um pouco disso. Acho que as pessoas que cuidarão do nosso grande dia devem ser escolhidas e dedo. Devemos depositar total confiança nelas, para não nos estressarmos às vésperas ou no dia do evento e garantir que tudo saia do jeito que a gente imaginou.

Minha dica para as noivas: façam um casamento para você e seu noivo, do jeito que vocês imaginam. Ouvir a opinião de pessoas experientes é importante, mas não mudem a cara do casamento por influência dos outros. Casamento não "tem que ter isso" nem "não pode ter aquilo". Eu acredito sinceramente que quem decide o que pode ou não pode são os noivos, de acordo com seu estilo e o estilo de sua família e convidados.


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Nosso Kit toilet

Meninas, nosso kit para o banheiro ficou bem simples. Não tinha cada item embalado individualmente e com tags personalizados. Eu só comprei uma cestinha, forrei com um pedaço do tecido que foi usado no resto da decoração do casamento e distribuí os itens do kit. É claro que eu acho aqueles kits personalizados lindos, mas achei, sinceramente, que não valia a pena desembolsar um $$ significativo para esse item e também não tive paciência de fazer eu mesma as embalagens. Cheguei a ver o conjunto de Kits (feminino e masculino) por R$500,00! Imaginem quantos bem casados dá pra comprar com essa grana? :p


O importante é que tinha tudo para uma "emergência".

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Abraços e mais abraços!

Na manhã seguinte ao nosso casamento, eu acordei com uma sensação de felicidade que vocês não têm idéia! Minha cabeça estava a mil, lembrando de cada momento que eu tinha vivido no dia anterior. Eu lembrava de cada sorriso que eu tinha recebido, cada palavra de carinho, cada abraço dado e eu tive certeza de que energia positiva se passa sim de uma pessoa pra outra.











[





Agradeço a oportunidade de poder ter compartilhado esse dia feliz com pessoas tão queridas e que torcem realmente pela nossa felicidade!