quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Casamentos alternativos no Brasil: eles existem?

Desde que me embrenhei nesse mundo dos casamentos, lá em 2010, percebi que os casamentos brasileiros são essencialmente clássicos e tradicionais. O brasileiro ainda é um povo muito preconceituoso em vários aspectos, inclusive no que diz respeito aos casamentos. Se um casal opta por casar fora da igreja já é considerado "alternativo". Se a noiva não usa véu? Alternativa! Se coloca um batom vermelho? Alternativa. Casamento gay? Alternativo! Enfim, qualquer aspecto do casamento que fuja ao tradicional casar de branco na igreja com esmalte branquinho e batom nude já classifica um casamento como alternativo.
 
Eu confesso que fico bem triste quando vejo casais cheios de personalidade e sonhos abrindo mão de elementos que seriam superinteressantes de seus casamentos, por caírem naquele papo de que casamento "tem que ter isso" e "não pode ter aquilo".
 
Eu acompanho vários blogs e sites de casamentos brasileiros e nunca vi um casamento gótico, por exemplo. Nunca vi publicarem um casamento na Umbanda. Raríssimas vezes vi um casamento verdadeiramente temático. Esses casamentos não existem ou não são divulgados? Se não existem, qual é o motivo? Não existem góticos no Brasil? Com certeza não é essa a razão.
 
Enfim, meu objetivo aqui é plantar a sementinha da reflexão em futuros noivos e também em pessoas que fazem parte da mídia e dos profissionais de casamentos brasileiros. Vamos lembrar que, havendo amor, é casamento! Não existem regras, apenas duas pessoas que desejam celebrar seu amor da forma que entendem como ideal!
 
Foto: Jess Shields